Imagem
Foto/Imagem internet/redes sociais

Opinião Objetiva, com Jota Jorge

Janela Maldita

Amigo do esporte, 

Está chegando a hora. Logo, a janela para  o futebol europeu vai se abrir. E com certeza perderemos alguns jogadores que ainda fazem a diferença aqui nos seus times. Não são craques. Mas despertam interesse num mercado faminto por revelar jogadores. Pagando bem, aliciam os atletas e quase que obrigam os clubes a ceder a propostas mirabolantes. Endividados, os clubes não conseguem repor as peças a altura. E nosso futebol vai ficando cada vez mais pobre. Em todos os sentidos. Os clubes usam o dinheiro para cobrir rombos astronômicos no caixa. E nada de jogadores de nível para reposição. Quando esses clubes recorrem a base para reforçar o elenco, também sofrem com o assédio inevitável de equipes poderosas do " Velho Continente ". E em termos financeiros não há competição. O garoto surge do nada e do nada vai embora. O caso mais recente &eacu te; o de Vinícius Júnior do Flamengo. Com 16 anos, já alça o vôo maior que é o de abraçar uma potência da Europa. Contratado a peso de ouro pelo Real Madrid, o garoto vai para a Espanha milionário. Fica a pergunta: será que vai dar certo? Será que com 16 anos irá superar os problemas de adaptação, da distância da família, dos amigos, da mudança de hábitos e etc...??? Com essa idade, o garoto ainda nem tem o corpo formado. Está em pleno desenvolvimento. Não tem noção do que se passa. A cabeça é povoada de sonhos. Para Vinícius Júnior já é uma realidade. Garoto humilde, já fez o pé de meia da família para o resto da vida. Como irá funcionar essa cabecinha quando tomar consciência de tudo o que está acontecendo? Só o tempo dirá. Pode virar um monstro sagrado, um ídolo. Futebol mostrou que tem, pelo menos até agora. Diferenciado. Mas também pode ser que não consiga arcar com tanta responsabilidade e naufrague. Mas é inevitável. Assim como ele, várias promessas e alguns bons jogadores que ainda temos são alvos da maldita janela. O Santos pode perder Lucas Lima. O São Paulo pode perder Rodrigo Caio e alguns jovens como Júnior Tavares. O Corinthians pode perder Rodriguinho e Balbuena além de Maycon e Guilherme Arana, gratas revelações. Enfim, todos arcam com o ônus de uma estrutura falida e decadente que é o nosso futebol. Se ainda empolga, é devido ao esforço dos clubes e de alguns jogadores que ainda fazem da bola uma amiga íntima. A entidade máxima do nosso futebol, a CBF está mais preocupada em procurar se defender das falcatruas de seus recentes presidentes que coloc aram nosso futebol na lama dentro de campo e nas páginas policiais fora dele. O Brasil precisa de uma reformulação no futebol. Fora das quatro linhas. Se isso acontecer, dentro de campo seremos novamente imbatíveis. Um calendário decente, sem sacrificar os clubes pois são eles que pagam os salários dos atletas. E isso quando pagam. Uma maior e melhor distribuição de cotas, afinal a entidade não foi criada para fins lucrativos. Já ganha milhões a custa de nossa Seleção. Precisa ajudar os clubes. Mais dinheiro para distribuir a quem faz o espetáculo. Enfim, nada disso acontece. Entra ano e sai ano, e a coisa não muda. Então que os clubes se unam em prol de um futebol decente. Só eles podem atirar a primeira pedra na " janela maldita" !!!

Até mais !!!

 

Imagem

Compartilhar esta notícia

Notícias Relacionadas

0 comentário(s)

Faça o seu login ou cadastre-se para comentar!